Páginas

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Como escolher tapetes pet friendly?

 


Olá amigos tudo bem?

Sabemos que os tapetes se tornaram peças essenciais na decoração, deixando de ser um simples complemento para se tornar um item capaz de transformar o ambiente. O tapete tem a capacidade de trazer acolhimento e modificar a atmosfera de salas de estar, salas de jantar e até escritórios. Mas para aqueles com pets em casa, essa peça de decoração versátil pode acabar se tornando o brinquedo favorito dos bichinhos.

Além das dúvidas comuns sobre tamanhos adequados, tecidos, combinação de cores e estampas e como orquestrar tantos elementos em um ambiente, é preciso também avaliar a questão da resistência. 

Uma dica para acertar essa escolha, segundo Gabriel Grossi, responsável pelo setor de Tapeçaria Lider, é apostar em materiais com fibras mais resistentes e fechadas, que inibem que gatos use-os como arranhadores, por exemplo. Alguns deles são PVC, corda náutica, fios de garrafa PET, couro, bouclê e jacarta.

O tapete Fragmento da Lider Interiores não desgasta e não desfia porque é feito em Blouclê 100% poliéster, isso o torna imune aos arranhões de gatos e ao desgaste de intempéries.




O tapete Jacarta, além de ser ideal para pets, também é um ótimo aliado para áreas externas porque possui fibras fechadas que conferem mais durabilidade e resistência no dia a dia.




A Lider também possui a linha de tapetes Nature, que possuem diversos tons e modelos com fibras 100% polipropileno, resistentes e duráveis.





Até o Próximo!

Beijos!

Lucimar



terça-feira, 14 de setembro de 2021

Do home office ao presencial: 4 itens que vão facilitar a volta ao escritório

 Olá amigos tudo bem?

O avanço da vacinação contra a Covid-19 e o declínio do número de casos tem motivado muitas empresas a considerarem a volta dos colaboradores ao escritório, mesmo que parcialmente. O modelo híbrido, que alterna os dias presenciais e os dias em casa, já é realidade para alguns, mas para outros será a primeira vez depois de um ano e seis meses trabalhando remotamente. E para proporcionar conforto e praticidade no retorno das atividades, a Sestini, uma das principais empresas no segmento de malas, mochilas e acessórios do país, listou quatro modelos que vão auxiliar na nova rotina e comportar os principais equipamentos eletrônicos, como notebook, tablet, mouse e cabos USB. Confira:


Mochila Techno Cabo Alumínio - 2 Compartimentos: Essa mochila garante praticidade para quem precisa transportar notebook e tablet, com organizador interno. Ideal para manter tudo sempre em ordem, além de ter um espaço exclusivo para conector USB. Com puxadores personalizados em metal e alça carona, pode ser acoplada facilmente à mala ou mochila carrinho. Preço: R$ 379,90.



Mochila Carrinho Laptop 2 em 1 Sestini Harvest Preto: Essa opção é ideal para os amantes de produtos tecnológicos. Além de ser resistente, esta mochila clássica e espaçosa, possui acesso USB - para conectar uma bateria extra do lado de dentro e carregar o smartphone - e sistema 2 em 1, que pode ser transportada nas costas ou pelas rodinhas. Preço: R$ 429,90.



Pasta Executiva - 2 Compartimentos Alliance M1: Muito mais do que uma simples bolsa, a pasta Alliance possui dois compartimentos que foram projetados para acomodar o notebook com segurança e organizar outros itens indispensáveis. Para garantir ainda mais conforto na hora do transporte de casa para o trabalho, o modelo conta com alça transversal com protetor de ombro e alça de mão espumada. Preço: R$ 149,90.



Mochila Grande Harvest Preto - 2 Compartimentos Laptop: Com bolso acolchoado e alças ajustáveis, esta mochila é ótima para quem busca praticidade e estilo na hora de trabalhar. Também conta com um espaço para armazenar o laptop com segurança, passagem para cabo USB e bolso frontal e lateral com fechamento em zíper para acomodar pequenos objetos. Preço: R$ 259,90.



SOBRE A SESTINI

Referência no segmento de bolsas, malas e acessórios, a Sestini atua no mercado há mais de 25 anos, lançando anualmente cerca de dois mil produtos. Conquistou, ao longo deste período, prestígio entre todos os públicos, do infantil ao adulto e hoje é reconhecida por ser uma marca capaz de unir qualidade, inovação, estilo e preços acessíveis. Os produtos da rede estão disponíveis por meio de lojas franqueadas, multimarcas e e-commerce, que oferecem as coleções exclusivas e com garantia ilimitada contra defeitos de fabricação, um compromisso da empresa que realiza testes de qualidade rigorosos. 

Até o Próximo!

Beijos!

Lucimar



domingo, 12 de setembro de 2021

Proximidade da primavera pede atenção à manutenção e troca de peças em piscinas

  


Olá amigos tudo bem?

Quando há manutenção de forma correta e periódica, é possível conservar a piscina limpa, livre de contaminações e com a água cristalina, aumentando a vida útil do equipamento.

Geralmente utilizada em dias quentes, a piscina é uma ótima aliada para aliviar o calor, mas nos meses mais frios, a tendência das pessoas é descuidar ou esquecer a área de lazer. Só que, para garantir o mergulho perfeito na primavera e no verão, é necessário pensar, ainda que seja uma tarefa trabalhosa, em manutenção, limpeza e troca de peças. 

Fato é que, se por um lado os proprietários de piscinas desconhecem essa informação, por outro, os lojistas e as revendedores de peças não têm o hábito de elucidar a seus clientes sobre os reparos. Uma coisa é certa: o tempo empregado na manutenção de piscinas definitivamente compensa, gerando economia de dinheiro e de água, bem como segurança e saúde, afinal, uma piscina anti-higiênica pode ocasionar doenças, como hepatite A, pneumonia e diarreia. No entanto, se houver manutenção de forma correta e periódica, é possível conservar a piscina limpa, livre de contaminações e com a água cristalina, aumentando a vida útil do equipamento.

Tipos de tratamento:

  • Físico: A preservação começa com o tratamento físico – removendo folhas e sujeiras que estão na água –, limpeza do interior, escovação do fundo, laterais e bordas e aspiração de resíduos.
  • Químico: No que diz respeito ao tratamento químico da água, é fundamental verificar os parâmetros de alcalinidade, pH e cloro, prevenindo, assim, a proliferação de algas e bactérias prejudiciais à saúde.
  • Equipamentos: Por fim está a revisão dos equipamentos, como bombas, filtros, ralos, dispositivos de borda infinita e hidromassagem, entre outros – que deve ser feita, de preferência, por profissionais especializados. Primeiro porque essas são peças que têm data de validade; em segundo lugar, porque há a necessidade constante de reparo ou troca.


Atenção: componentes têm prazo de validade

A motobomba, por exemplo, tem como função sugar a água, pelo dreno de fundo, e retornar a água filtrada para dentro da piscina ou ainda empurrá-la para fora, no caso de esvaziamento, pode apresentar barulho acima do normal; filtração excessiva de ar; vazamentos; defeito no selo mecânico... Considerada o “coração da piscina”, se não houver reparo, a homogeneização dos produtos químicos e a filtragem ficarão comprometidas. Outro equipamento que merece atenção especial é o filtro, uma vez que, com o passar do tempo, há redução gradual na pressão ou configurações incorretas da válvula.

Futuro do mercado será de itens que não precisam de manutenção

Com o objetivo de evitar a constante manutenção das piscinas, há empresas no mercado que trabalham com peças inteligentes. Um exemplo é a CYAN Piscinas, que lançou recentemente o bico de jato, confeccionado em aço inoxidável e acabamento polido, muito resistente e que não necessita da válvula de retenção, peça que causa muitos problemas, como o desperdício de água em piscinas de borda infinita. 

Outro problema comum se dá nos ralos de sucção, que sugam a água do fundo da piscina e levam até a motobomba. Ocorre que, atualmente, os ralos disponíveis no mercado brasileiro não são programados para definir o que é água e o que é cabelo, dedo, pulseira ou qualquer objeto preso ao corpo. Como o dever do ralo é sugar, o perigo aumenta com a vazão e a circulação da água. Então, geralmente, quem acopla na piscina uma cascata, chafariz ou hidromassagem, acaba correndo mais risco com o “inimigo oculto”, principalmente no que diz respeito a acidentes envolvendo crianças.

Já o ralo de sucção da CYAN Piscinas, tem potência de 100 metros cúbicos por hora e capacidade de absorção de 100 mil litros de água.

“Sua vantagem é que, por ser acoplado nas laterais da piscina, a vazão da água é bem maior do que os dos ralos de sucção existentes hoje, que, inclusive, são de plástico e colocados no fundo, contribuindo para o aumento do risco de acidentes e para a perda estética”, comenta Bráulio César Bandeira Aleixo, sócio da CYAN Piscinas.

Itens focam em economia de água

E o principal: como a água é um dos bens mais preciosos para a vida, os produtos que estão sendo lançados recentemente no mercado têm priorizado a sua economia. Um dos exemplos são alguns dos itens da CYAN Piscinas: planejados para evitar o desperdício, seguem a tendência mundial de sustentabilidade, sendo de materiais que garantem zero manutenção e que pela inovação utilizam inteligência para que o proprietário opere a piscina com o mínimo de esforço, economizando produtos químicos e evitando o gasto de água desnecessário, bem como outros problemas, por meio da manutenção preventiva.

“Através da automação, é possível delegar funcionalidades e tarefas de manutenção da área de lazer sob responsabilidade de máquinas a um sistema que o faça sem necessitar de esforço humano, mantendo sempre o azul da piscina convidativo para um bom banho. E isso tudo através do celular e de modo que se gaste o mínimo de água possível na limpeza”, diz Bráulio.

SAIBA MAIS

A CYAN Piscinas tem sede e base de produção em São Paulo/SP e engenharia em Curitiba/PR. Seu principal propósito é trazer inovações e soluções em projetos para piscinas de alto padrão em todo o Brasil. Saiba mais em CYAN – Soluções de segurança e qualidade para sua piscina (cyanpiscinas.com.br)

 Até o Próximo!

Beijos!

Lucimar