Aviso aos seguidores

Amigos a partir de hoje esse blog ficará apenas para visualização dos amigos, eu convido á todos para visitarem o meu outro blog a Lucimar Estrela da Manhã, e se quiser me seguir ficarei muito feliz em ter você lá, e deixe o seu link para eu poder retribuir.
http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Xô Piolho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Sabe quando as crianças estão coçando muito a cabeça, você pode até achar que pode ser o calor, ou uma coceira qualquer? Nada disso fique atenta pode ser "piolho", sim piolhos, aqueles bichinhos feio, pequeno, cheio de patinhas, eles suga o sangue provocando coceiras constantes na cabeça da pessoa, esses parasitas devem ser eliminados imediatamente das cabeças, vamos saber o que é piolhos? O que é Piolhos?
O piolho da cabeça (Pediculis capitis) é um inseto pequeno, cerca de 2,5 mm de comprimento, marrom-acinzentado e que vive do sangue que suga do couro cabeludo do homem parasitado.
Com o acasalamento, a fêmea põe ovos férteis (lêndeas) fortemente aderidos aos cabelos. Após uma semana, os ovos começam a descascar, ficando apenas a casca do ovo, isto é, uma lêndea branca lustrosa e vazia.
É importante lembrar do ciclo de eclosão dos ovos na ocasião do tratamento.
Eles tem o corpo achatado, o toráx é mal-articulado, as antenas são curtas (3 á 5 artículos) as patas curtas e grossas. Existem cerca de 225 espécieis de piolhos, os piolhos humanos podem provocar doenças (Dermatites, Pruridos, etc).
Os piolhos ficam grudados nos fios de cabelos, os piolhos põe de seis á oito ovos por dia, a fêmea do piolho pô mais de 100  ovos durante sua vida.
Os piolhos atinge qualquer pessoa, idade, sexo, classe social, com bons ou maus hábitos de higiene, ocorre principalmente nas crianças de 3 á 10 anos, na idade escolar, é na escola que é mais comum pegar piolhos, a transmissão também é mais fácil de pegar nas creches, colônias de férias e entre familiares.
A TRANSMISSÃO:
É transmitida pelo contato pessoal ou pelo uso de objetos infestado como: pentes, chapéus, bonés, almofadas, camisolas, lençóis, etc...Os piolhos vive em roupas e lençóis e infesta os pelos espalhados pelo corpo da pessoa.
COMO PREVENIR:
Vigiar a cabeça das crianças.
Lavar a cabeça com frequência.
Não usar roupas, lençóis, objetos de outras pessoas que possam estar contaminados.
Lavar as roupas em água fervente.
Usar um pente fino para pentear os cabelos.
PRECAÇÕES:
Guardar os produtos anti-piolhos longe do alcance das crianças.
Seguir a risca as indicações do farmacêutico e contidas no folheto.
Lavar as mãos após de cada aplicação.
Existem alguns medicamentos que matam os piolhos veja alguns:
Atenção procure sempre a orientação médica antes de usar algum medicamento.
Fonte: Pesquisa pelo Google
Compartilhe esse post com seus amigos


Barrinha MaynaBaby

27 comentários:

  1. Oii Lucimar, estive ausente por que estava viajando, agora estou de volta, nem me fala em piolhos kkkk já sofri muito com esses bichinhos, lembro que eu ficava com tanto ódio de pega-los que os torturava, matava passando o ferro quente qdo caiam na fronha, eu tinha nojo de mata-los na unha como a minha mãe fazia, então ligava o ferro minha mãe passava o pente e eu passava o ferro quente em cima kkkk affff, já as minhas filhas não tiveram, só a mais velha teve uma vez, ainda bem! Dicas valiosas vc deu! Bjooosss

    ResponderExcluir
  2. Legal a matéria!!! Já tô te seguindo. Se quiser me visitar e me seguir tb, meu blog é http://artesdaemanuella.blogspot.com.br/ bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá amiga
    adorei a matéria é muito bom aprender né.
    Bjs fique com Deus
    Boa sexta-feira!!!!

    ResponderExcluir
  4. Me lembro quando eu era criança eu tinha muito piolho a minha mãe catava todos os dias, mas hoje com os meus filhos não é a mesma coisa, compro logo remédio pra acabar de vez com eles, ótimo post Lucimar.
    Mariana do facebook.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu adorei essa postagem, muito boa!!
    Quando criança minha mãe sofreu com nós 3 filhos kkkkkkkk dizia que nosso sangue era doce kkkkkkkkk.Beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Nossa esse assunto é desagradável...kk dá até aflição, sabe que eu achava q piolho não existia mais? Até eu receber um comunicado da escola do meu filho(6 anos) pedindo para os pais olharem as cabecinhas das crianças...como pode essa praga persistir até hoje? Meu filho nunca teve, acho que é de sangue pra sangue, minha irmã do meio também nunca teve, já eu a a caçula ...aff.
    Adorei o post.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oy, grato pela vysyta. tá conplycabo...volto outra hora!
    ótyno post este.
    Grato pelo carynho, beyjão!
    Nely

    ResponderExcluir
  8. Olá, Lucimar retribuindo a Visita :)
    Piolho é uma tristeza...aff ninguém merece :/
    Parabéns pelo Blog !

    http://memorialdaatrizmariapadilha.blogspot.com.br/

    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Lucimar!

    Gostei do post! Hoje ando um pouco longe destes bichinhos... mas quando lecionava... não quero nem me lembrar...Hehehe

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  10. Lucimar tenho pavor de piolho.
    Tomo sempre cuidado sou que nem doce eles me adoram rsrsrsrs.
    Tenha um fim de semana Abençoado.
    Bju
    Toninha

    ResponderExcluir
  11. Ai Lu, piolho é uma praga mesmo, passei a minha infância toda lutando contra essa praga, e como eu tinha "o sangue doce" aiii como sofria, até depois de grande, eu ia dar aulas e pegava os piolho dos alunos, kkkkkkk , ainda bem agora meu cabelo tem tanta tinta que nem eles querer ficar por aqui!

    ResponderExcluir
  12. Olá!Boa noite!
    Lucimar!
    Tudo bem?
    Bela postagem!
    ...eu já tive sorte!Mesmo com animais em casa, nunca tive problema com piolhos.Nem com pessoas próximas!
    Obrigado
    ótimo final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá querida, vim agradecer pela visita e conhecer o novo post, gostei muito das dicas, eu graças a Deus nunca tive problemas com piolhos, quando criança eu ficava dizendo q meu sangue era tão bom q eu não pegava, mais meus irmãos tiveram várias vezes e eu adora ficar tirando junto com a minha mãe. Minha filha mais velha teve problemas com eles uma única vez e agora vem a pequena q em 2013 começa na escolinha e depois de ler esta postagem ficarei de olho.
    Tenha um ótimo final de semana.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  14. Belo post! É preciso alertar sobre esse perigo que as crianças estão sujeitas, principalmente na escola. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  15. Ahhh olhando bem o piolho ele
    parece um monstro,kkkk
    desejando a vc um
    perfeito fim de semana
    super beijo
    /(.”)__☆
    /||\
    _||_✿◠‿◠)✿
    não deixe de participar dos sorteios
    e deixar o link do seu para divulgação
    ok, caso tenha, divulgo todo domingo!

    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
  16. Só de pensar em piolhos ja me coça a cabeça,rsrsrs quando criança tinha muita facilidade de pegar piolho, tinha que andar sempre com cabelos curtos ou amarrados. Beijos

    ResponderExcluir
  17. sabe que tanto eu qto meu irmão nunca tivemos piolho? descobrimos o motivo: a mãe sempre secava nosso cabelo com secador... meu irmão, q é biomédico, em alguma de suas muitas pesquisas, viu q o calor seco do secador mata as lêndeas!
    bjs
    tititi da dri

    ResponderExcluir
  18. confesso Lucimar...tive muito piolho quando criança kkk era horrível, tenho pavor só de imaginar que minha filha pode pegar um dia rsrsrs ótima matéria beijo

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Lucimar ótimas dicas..mas olhe eu tenho pavor até desse nome, eu sofri muito qdo crianças eles me amavam kkk qdo minha mãe pensava que ja tinhs se livrado deles era novos habitantes chegando em minha cabeleira, chegou ao ponto de eu ter que ficar um bom tempo de cabelos curtinhos qdo criança, muito chato
    Cato tb é pegar essa praga dps de adulto, pior ja aconteceu comigo,ainda bem que foi só uma vez ... foi um horror, um pânico, filme de terror ...aí chega, xô piolho kkk
    Bjs
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Já não posso dar-te a mão, cheguei tarde
    Entre ruinas procuro o sentido, a razão
    Já não canto aos deuses, não rezo
    Já esqueci o sabor do desprezo, não desprezo

    Tracei um círculo de solidão
    Ausente do meu nome está o chamamento
    Jazem mudas as folhas de silêncio
    Errantes brumas ao sabor do vento

    Percorri um longo e tortuoso caminho
    Moro numa casa da memória no topo da saudade
    Prodígios de mil cores espalhei pelo caminho
    Pintei almas, mentiras, girassóis e singelas verdades




    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  22. Lu, passando para te desejar uma excelente semana !

    Bjos

    ResponderExcluir
  23. Caramba! Só de pensar, minha cabeça começou a coçar.Texto esclarecedor e muito coerente.Linda matéria de ajuda.Beijo do:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  24. Oi amiga.
    Já postei sobre esse assunto em um de meus blogs e lhe dou os parabéns, temos que alertar mesmo, pois assuntos como esse, devemos expandir para que possamos compartilhar mais conhecimentos pela internet
    Boa semana
    Abraços,
    BrBão

    ResponderExcluir
  25. Lucimar,

    a minha cabeça tá coçando só de imaginar! rsrs

    As informações são muito válidas! Também tenho pavor pois quando era pequena tinha facilidade pra pegar esses danadinhos!

    Beijos

    http://mulherziceseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Para amigos anônimos podem postar assim:
1-Escreva o comentário
2-Clique em comentar como: clique em anônimo
3-Clique publicar

Amigas (os) divulgue o seu blog no Facebook clique em:

Grupo Amigos